Uso de corticóide em prematuros tardios

Matéria interessante na revista Fapesp, com a participação da Dra Melânia Amorim.

Basicamente diz que aplicação de corticóides para “amadurecer o pulmão” de prematuros tardios (34 a 36 semanas) não ajuda em nada. O que ajuda mesmo é tentar adiar o parto até o termo (após 37 semanas), e sabemos que a maneira mais eficaz de retardar o parto é com repouso absoluto e internação (inibina é quase placebo!). Não tenho os dados aqui, mas vou pesquisar mais.

Esta entrada foi publicada em Dra Melania, parto, pesquisa, prematuridade com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s