Pediatras humanizados

Porque não basta buscar, ler, pesquisar, economizar e lutar por um parto respeitoso mas deixar que seu bebê sofra todo tipo de intervenções após o nascimento.

Pensa bem, depois de gestar e parir com tanto carinho, ou mesmo que seja uma desnecesárea eletiva, se a mulher pensou tanto nela mesma, nesse momento lindo do nascimento, precisa pensar também no bebê! E se não pensou, e resolveu fazer cesárea, ou precisou realmente da cesárea, o recém nascido merece ser bem recebido após sua deliciosa jornada no ventre materno, merce ser recebido com cuidado, amor, carinho e, a maioria não precisa sofrer tantas intervenções!

Eu só tive um parto e uma filha, que veio para os meus braços assim que nasceu, e ficou comigo o tempo todo, mas pelo que li e vi em vídeos do youtube, os bebês esperneiam de desespero enquanto são manipulados como um pedaço de carne no açougue, mas assim que vão para o colinho da mãe, ou mesmo quando não vão pro colo, só de encostar na pele da mãe, eles ficam quietos e calmos… não precisa ser expert, ser doutor, não precisa de pesquisa pra saber que os bebês precisam mesmo é de ficar no colo da mãe assim que nascem!

Vejam esse vídeo de um parto frank (cheio de intervenções) e de um tratamento padrão frank dado ao pobre RN… O que eu me pergunto é como o pai deixou que fizessem tudo aquilo com o filho dele passivo! Como alguém pode aceitar isso?????

Só pra ter uma ideia, o bebezinho acaba de sair do útero, que é um lugar escuro, apertado, muito barulhento (fluxo sanguíneo, estômago, intestino, batimentos cardíacos…) e sai pra um clarão, com aquelas luzes cirurgicas nos olhinhos dele.

O cordão umbilical é cortado, ou seja, o único meio pelo qual ele recebe oxigênio é cortado e ele tem que fazer a transição do meio aquático para o meio aéreo rapidamente, instantaneamente , sendo que poderia ser cortado depois, ou seja, a transição poderia ser suave, e não brusca como é feita de praxe.

Aí ele é levado pra uma outra sala, alguns até carregam o bebê pelos pés, onde é esfregado pra ficar limpo, afinal, na cesárea ou quando a mãe sofre episiotomia o bebês sai todo ensanguentado…

Então começam a aspirar o bebezico: cânula na boca até o estômago, depois pelo nariz até o pulmão, e depois (pasmem) no ânus do bebê!!! Ah, me poupem, ele vai fazer cocô o resto da vida, deixa o cocozinho dele sair naturalmente!!!

Aí vem a vacina inútil contra hepatite B (no caso de um RN, mas isso é conversa pra outros tópicos, aliás, veja aqui e aqui outros posts sobre vacinas!), o teste do pézinho (que não precisa ser feito imediatamente).

Além disso um pediatra humanizado vai bolar um calendário de vacinação mais brando, evitar medicação exagerada, incentivar e apoiar a amamentação exclusiva e prolongada, inclusive vai ajudar a resolver as dificuldades e evitar uso de fórmulas!

Dr Cacá 3672-6561
Dra. Renata – atende no gama f: 2506-7090
Dra. Nina – atendem na casa moara – 3031-1310
Dra. Sandra – 3031-1310
Dr. Douglas – 3031-1310

Bom, esses são apenas alguns, e em São Paulo, pois eu moro aqui, mas se você que está lendo esse post tem uma outra indicação, deixe nos comentários pras próximas leitoras!

Esta entrada foi publicada em bebê mais feliz do pedaço, intervenções, médicos, parto, pediatras com as etiquetas , , , , . ligação permanente.