Será que funciona mesmo?

A matéria abaixome deixou curiosa…

Se exite um aparelho que consegue medir a “elasticidade” do períneo, será que as episiotomias de rotina vão mesmo acabar, e os édicos farão apenas quando o exame indicar a necessidade da episio?
E será que quem manipula esse aparelho pode interpretar o resultado como bem quiser, forçando episiotomias sem indicação?

Bom, de muitos relatos que li e ouvi, percebi que lacerações espontâneas acontecem, na maioria das vezes, quando a mulher faz muita força, e o bebê nasce muito rápido (meu caso).
Então seria também outro fator, pode ser que, mesmo um períneo “bom” (porque esse aparelho vai classificar os períneos em bons, mais ou menos e ruins, ou seja, os elásticos, os nem tão elásticos e os nada elásticos), se fizer muita força na hora dos “puxos”, vai acabar rompendo.

E outra coisinha… quem pariu sabe, quando a vontade de fazer força aparece, é difícil fazer outra coisa que seja diferente de “força!!!!!!”

Cliquem aqui para ler a reportagem.

Esta entrada foi publicada em laceração, notícia, períneo com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s